sábado, 30 de junho de 2012

ANSIOSA SOLICITUDE PELA VIDA


           
          Estou em uma constante expectativa sobre respostas que parecem estar tão próximas, mas, 
                                   a cada manhã, fico frustrada quando não as obtenho. 
                 Afinal de contas, estará Deus jogando dados em relação aos meus questionamentos!?
     Tenho sentido algumas transformações no meu modo de pensar, sinto que amadureci e que estou pronta para a próxima fase. Sei que os planos de Deus são mais elevados que os meus, mas minha natureza curiosa não me deixa descansar no Senhor. Apesar de que o conselho bíblico seja lançar sobre Ele toda nossa ansiedade, pois Ele cuida de nós.


São tantos conflitos que norteiam minha quase pacata mente. Quase porque eu não tenho problemas realmente graves, porém não deixam de serem problemas. Eu deveria viajar menos em meus pensamentos sobre as coisas.
Infelizmente ou felizmente, foi ofertada a mim uma complexidade que me faz viver de modo diferente.  Sinto o peso de algumas ideias como se tivessem vida própria e são fardos difíceis de carregar. Por vezes, digo: “malditas ideias fixas por que habitam em minha mente!?”

Ao mesmo tempo, acho bom ser assim, desconectada de coisas supérfluas e conectada ao abstrato. É algo tão mais rico e dá mais sentido à vida, pois posso ficar maravilhada com as pequenas coisas que passam despercebidas no cotidiano caótico dessa sociedade.


Penso que se tivesse vivido na época de filósofos como Sócrates, Aristóteles e outros, iria gostar muito de passar horas e horas conversando, divagando sobre a vida, estética, cultura, natureza... Num completo ócio criativo...

Nenhum comentário: