sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Quem não tem muletas?


Hoje quero refletir com você sobre muletas. Muletas!? você deve está se perguntando. Isso mesmo! vou discorrer, brevemente, sobre os tipos de apoios que usamos durante a vida.
Estava eu conversando (ou discutindo) com um certo amigo sobre Deus. O mesmo revela um pensamento semelhante com a citação de Karl Marx no livro "A crítica da filosofia de Hegel", que diz "a religião é o ópio do povo". Ele considera miseráveis e alienados os que utilizam Deus para escapar do mundo real, como se Deus fosse uma muleta para que possam se apoiar, continuando, assim, estáticos, esperando um "milagre".
Seguindo o raciocínio dele, pergunto: quem não tem muletas!?
Há diversos tipos de muletas que utilizamos para suportar as dificuldades que aparecem ou mesmo justificar nossa condição. Se não for Deus a muleta psicológica, pode ser um relacionamento, o dinheiro, a fama, a beleza, além de coisas prejudiciais como a bebida, as drogas, a prostituição, etc. Enfim, todos precisamos de apoios, não somos auto suficientes, até para nascer precisamos de outros.
Então, por que se sentir intelectualmente superior por não acreditar em Deus? se muitas vezes as muletas que se tem são escravizadoras (lembrando dos vícios) ou são outros homens falhos, que podem decepcioná-los. Até confiar em si próprio é perigoso, posto que o homem é como um vento passageiro. A qualquer momento pode desfalecer, por causas simples.
Todo indivíduo precisa de alguém ou algo que dê sentido à sua existência. O bom é quando as muletas não são prejudiciais, quando nos permitem ser felizes, ter paz , mais liberdade e esperança.


6 comentários:

Adriana Santos disse...

Somos totalmente dependentes de Deus!amei!!

Débora Andréa disse...

Realmente, somos sim :D a melhor muleta que existe. beijos

Anônimo disse...

O Fato é, sempre estaremos nos apoiando, ou segurando em algo q nos levará à verdadeira realidade, e no final só existirá uma, A Necessidade de DEUS em ter como PAI que nos apoia em tudo sempre e sempre.......

Débora Andréa disse...

É o único que permanece fiel a nós mesmo quando não somos fiéis :)

Cris Franco disse...

As muletas são elementos que contestam nossa tentativa de sermos auto suficientes. Agora a questão é qual a muleta mais resistente?

Débora Andréa disse...

Deus é a melhor de todas. De fato, estou afirmando que não somos auto suficentes, sempre precisaremos de algo ou de alguém. :D